Mais eventos
Proximos Eventos
Mais Opções


Em lembrança ao aniversário do nascimento de Sebastiana de Mello Freire, chamada Dona Yayá, em 21 de janeiro, o Centro de Preservação Cultural (CPC) da USP abre horário especial de visitação à casa que foi sua moradia e à exposição Sesmaria de Passarinhos, que fica em cartaz até março.

Nascida em 1887, de família pertencente à elite paulistana, Dona Yayá, recebeu educação esmerada, tendo sido aluna interna do tradicional colégio Nossa Senhora de Sion. Era religiosa, falava francês, tocava piano, pintava, realizava trabalhos manuais e tinha a fotografia como passatempo preferido. Em 1919, após apresentar recorrentes sinais de desequilíbrio emocional, foi internada em um hospital psiquiátrico, tida como incapaz de administrar a fortuna da qual era a única herdeira.

Sua interdição causou comoção na sociedade paulistana, gerando uma série de artigos publicados pelo jornal sensacionalista O Parafuso. Um ano depois a família seguiu conselhos médicos para que seguisse tratamento em casa, onde receberia melhores cuidados. Foi escolhida, então, a chácara localizada nos arrabaldes da cidade, local tranquilo e afastado do burburinho urbano. Dona Yayá viveu reclusa nessa casa por 40 anos, juntamente com amigos da família e empregados.

Restaurada e tombada como patrimônio cultural, a Casa de Dona Yayá é hoje testemunha dessa história. Sede do CPC-USP desde 2004, a Casa de Dona Yayá foi transferida em 1969 como herança vacante à Universidade de São Paulo. Passou, ao longo das últimas décadas, por cuidadosos trabalhos de conservação e restauro que abrangeram a recuperação do imóvel, restauração das pinturas parietais em seu interior e dos jardins da chácara que a circundava.

Com base nessa rica história material e imaterial, a Casa de Dona Yayá foi tombada pelo Estado de São Paulo, em 1998, e pelo Município, em 2002. A trágica vida de Dona Yayá ainda hoje instiga a curiosidade e a imaginação dos que dela ouvem falar, e é parte da história do bairro da Bela Vista. O CPC- USP promove a valorização desse imóvel através de sua abertura ao público, incentivando reflexões a respeito de sua arquitetura, da história do bairro e da personagem Dona Yayá.

A Casa de Dona Yayá funciona de segunda a sexta, das 9 às 17 horas, e tem visitação especial neste domingo, dia 21 de janeiro, das 10 às 15 horas. A entrada é gratuita. Mais informações pelo telefone (11) 2648-1501 ou pelo e-mail cpcpublic@usp.br.

Centro de Preservação Cultural comemora aniversário de Dona Yayá

A visitação acontece neste domingo, dia 21 de janeiro, em lembrança ao aniversário do nascimento de Sebastiana de Mello Freire, chamada Dona Yayá.

Datadata 21/01/18 | 10:00 - 15:00
Tipo de Eventodata Cultura e artes
E-maildata cpcpublic@usp.br
Telefonedata (11) 2648-1501
Investimentodata Evento Gratuito
Inscriçãodata Sem Inscrição Prévia
Localdata Casa de Dona Yayá - CPC
Capital
Endereçodata Rua Major Diogo, 353, Bela Vista - São Paulo - SP
Importantedata As informações foram checadas na data de sua publicação, mas pode haver alterações ou cancelamentos. Recomendamos entrar em contato com a organização do evento para confirmação.
Você pode
Email
Envie por email esse resumo
iCal
Adicione na sua agenda esse evento
+ Eventos Relacionados
19OUT
Evento científico
Crise da democracia no Brasil é te...
Os professores da Ciência Política e da Sociologia da Faculdade: Brasílio João Sallum Junior, Ci...
22OUT
Cultura e artes
Semana de Propostas de Paz discute ...
Evento ocorrerá durante quatro dias no Instituto Oceanográfico (IO) da USP.
26OUT
Evento científico
Observatório lança primeiro volum...
Os debatedores serão Fábio Augusto Daher Montes, da Procuradoria do Estado de São Paulo, e os pro...
19OUT
Cultura e artes
Pianista Fábio Luz apresenta recit...
O concerto acontece às 12h30, na Sala Villa-Lobos da BBM.