Mais eventos
Proximos Eventos
Mais Opções


No dia 29 de maio, às 17h, a Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP realiza mais um encontro da série Nos Quarteirões da Higiene, que neste mês terá como tema: “Gerir versus gerar: vasectomia, aborto e adoção como política da prosperidade na Igreja Universal”.

A palestra, promovida pelo Departamento de Saúde, Ciclos de Vida e Sociedade da FSP, será ministrada pela antropóloga Jacqueline Moraes Teixeira.

A entrada é livre e serão emitidos certificados no local. Não é necessário realizar inscrições.

Vasectomia, aborto e adoção são tema de palestra na Faculdade de Saúde Pública

A palestra, promovida pelo Departamento de Saúde, Ciclos de Vida e Sociedade, será ministrada pela antropóloga Jacqueline Moraes Teixeira

Datadata 29/05/18 | 17:00 - 19:00
Tipo de Eventodata Evento científico - biológicas
E-maildata fsp@usp.br
Sitedata http://novahygeia.fsp.usp.br/site/noticias/mostra/5702
Investimentodata Evento Gratuito
Inscriçãodata Sem Inscrição Prévia
Localdata FSP - Faculdade de Saúde Pública
Capital
Auditório Paula Souza
Endereçodata Avenida Doutor Arnaldo, 715 CEP: 01255-000 - São Paulo - SP
Importantedata As informações foram checadas na data de sua publicação, mas pode haver alterações ou cancelamentos. Recomendamos entrar em contato com a organização do evento para confirmação.
Você pode
Email
Envie por email esse resumo
iCal
Adicione na sua agenda esse evento
+ Eventos Relacionados
23AGO
Evento científico - humanas
Palestra na USP discute ideias oriu...
A palestra "Reflexões sobre Narrativas de Genji entre as Carreiras dos Arrozais do Amazonas: Ideias...
27AGO
Evento científico - humanas
USP recebe cine debate sobre direit...
Evento é promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da FFLCH e traz debate com o profe...
23AGO
Evento científico - humanas
Conferência na USP discute a extre...
O evento conta com a participação de professores da USP e da Universidade de Buenos Aires.
29AGO
Evento científico - humanas
“Sexta de Agosto” discu...
Evento discute a seletividade das obras expostas nos museus e a relação entre a antropologia